Pedra da lua: uma pedra preciosa

Pedra da lua
Anel em prata com pedra da lua

A pedra da lua é uma reminiscência da luz da lua com sua cor branca e seus tons de cinza e azul. Por isso tem esse nome.

O cabochão de pedra da lua tem seu aspecto translúcido e suas reflexões que vão desde incolor a azul, cinza ou amarelo. Esta pedra preciosa tem a reputação de ser uma pedra feminina com virtudes purificantes e espirituais. Também é muito usada em joias por suas qualidades estéticas.

Uso e símbolos

Joia com pedra lua pode tomar todas as formas (brincos, pingentes…) e são, ao mesmo tempo, elegantes e casuais. Podem ser usadas com todos os estilos e todas as cores de roupas. A cor branca da pedra da lua vem para equilibrar os tons sóbrios de preto, o que a torna uma pedra de inverno perfeita

Espiritualmente o branco, símbolo da pureza e da virtude, também se associa à luz: os romanos acreditavam que esta pedra se fez a partir da luz da lua, enquanto que os gregos viram nela um símbolo de fertilidade, também vinculado à lua. É apreciada desde a Antiguidade. Encontra-se presente em algumas civilizações, como na Índia, como uma pedra fundamental. Em Belém, um templo teria sido erguido em sua honra, tempos atrás.

Um pouco de gemologia

Os depósitos de pedra da lua encontram-se em sua maioria no Brasil, Sri Lanka, Madagascar e Estados unidos. É uma pedra semi-preciosa pertencente à família dos monoclínico. As castas da Índia são um jogo de sombras e luzes específicas que pode tomar diversos tons como o verde, laranja ou marrom. Mas é, em geral, mais apreciadas em cor azulada na fabricação de joias.

Sob a luz, a pedra da lua mostra uma profundidade de cor e um efeito de três dimensões.  A lapidação é essencial para medir a reflexão da luz e dar o efeito desejado. No estado natural, se apresenta como um rígido vidro polido e facetas que permitem tradicionalmente revelar seu brilho. O tamanho da gema determina como vai se comportar suas variedades de cores.

As virtudes da pedra da lua

Os poderes curativos das pedras continuam a ser objeto de controvérsia, mas são mencionados desde os primórdios do tempo pelos xamãs e curandeiros.                  Diz a lenda que é útil em casos de infertilidade ou distúrbios hormonais. Recomenda-se também contra dores menstruais e é especialmente adequada para mulheres grávidas.

A partir do ponto de vista esotérico, encoraja  o “terceiro olho”, isto é, a intuição que traz sorte para os viajantes. Segundo a lenda, se presenteada no 13º aniversário de casamento, afastará para sempre a má influência do número 13.  Além da crença, a pedra da lua tem sido usada nas partes do corpo que se deseja tratar ou que está enfraquecida, como amuleto pessoal.

Lendas à parte, a pedra da lua é uma belíssima opção para anéis e colares. Fica radiante quando usada tanto na prata quanto no ouro.

Post feito por: admin

Comentários via Facebook